Nota Fiscal Complementar de ICMS

É muito comum acontecer a emissão de uma Nota Fiscal Eletrônica com erros no preenchimento, principalmente se o processo de preenchimento é feito de forma manual. A Nota Fiscal Complementar serve para corrigir as informações da nota fiscal com erros, quando esta já não pode mais ser cancelada (Após período de 24 horas).
A nota fiscal complementar é considerada uma extensão da nota fiscal comum emitida anteriormente, e torna-se necessário ficar atento ao seu preenchimento!

Abaixo veremos um exemplo de nota fiscal complementar. A nota fiscal complementar de ICMS

Criação de Nota Fiscal Complementar no Sistema iCom

  1. Clique na aba “Fiscal
  2. Clique no botão “Nota Nota”

Na tela de criação da nota fiscal, preencha de acordo com a imagem abaixo: 

  1. Tipo de Documento: Entrada ou Saída (o mesmo da nota fiscal original)
  2. Natureza da Operação: Complemento de ICMS
  3. Clique na aba “Destinatário
  4. Selecione se o contato é um Cliente ou Fornecedor. Então selecione o cadastro do Cliente ou Fornecedor
  5. Clique no botão “Preencher” para completar os dados do Cliente ou Fornecedor, de acordo com o cadastro dele no sistema iCom

Após informar corretamente as informações do Destinatário da Nota Fiscal, abaixo iremos informar a finalidade da nota. 

  1. Clique na aba “Informação
  2. Finalidade da Emissão: Selecione “NF-e complementar
  3. Nas informações complementares, clique em “Referenciar NF-e e CF-e (SAT)

Na tela abaixo, será adicionada a informação da Nota Fiscal que estamos complementando.

  1. Será exibida janela para informarmos a Nota Fiscal Original. 
  2. Informe a Chave de Acesso da Nota Fiscal Original (número de 44 dígitos da NFe)
  3. Clique no botão “Adicionar
  4. Clique no botão “Confirmar

Ainda na aba de Informações da NF-e, podemos checar: 

  1. Número da Nota Fiscal original, que estamos complementando.
  2. Campo para adicionar outras informações (campo de texto)

Produtos da Nota Fiscal Complementar

Após adicionar as informações da finalidade da nota, iremos inserir os produtos na qual precisamos complementar as informações de ICMS que foram erradas na nota fiscal de origem. 

  1. Clicar na aba “Produtos
  2. Clicar no botão “Novo

Na tela de produtos da NF-e: 

  1. Inserir o produto, através do código ou através da consulta de produtos (F3)
  2. Quantidade: Deixar a quantidade do produto como Zero
  3. Preço Unitário: Informar o preço unitário do produto
  4. Colocar as informações de Frete, Seguro, Despesas e Descontos, caso a informação não tenha sido preenchida na nota fiscal original
  5. Clicar na aba “CFOP/NCM” do Produto
  6. Preencher as informações de CFOP, NCM e CEST, igual a informação da nota fiscal de origem

Agora iremos preencher a parte do ICMS que iremos complementar. 

  1. Clicar na Aba “ICMS” do Produto
  2. Habilitar “Calcular imposto manualmente”
  3. Nas informações de ICMS, preencher de acordo com o que deve ser complementado. Para NOSSO EXEMPLO nós usamos:
    • CST / CSOSN: 900
    • Base de Cálculo: Valor do Produto
    • Redução da Base de Calculo: Zero
    • Distribuição de Crédito: Zerados
    • ICMS Próprio: 18%
    • Valor do ICMS: Calculado automaticamente ao inserir o percentual de ICMS Próprio
    • ICMS de Substituição Tributária: Zerados
  4. Clicar no botão “Confirmar

O processo relacionado aos produtos deve ser repetido para todos os produtos que tenham informações de ICMS a serem complementados. Após todos os produtos e suas informações complementares estiverem corretas, faremos a verificação das informações para envio da nota fiscal. 

  1. Salvar a nota fiscal. Caso o sistema pergunte se deseja enviar a nota fiscal. Clique em “Ainda não
  2. Clique na aba “NF-e OK” para checar se existem erros.
  3. Faça o envio da nota clicando em “Enviar

OBSERVAÇÕES

  • A nota fiscal complementar pode ser usada para correção de Notas Fiscais tanto de VENDA quanto DEVOLUÇÃO.
  • O procedimento ensinado acima, foi apenas um exemplo de Complemento de ICMS. A nota fiscal complementar abrange outras informações além do ICMS.
  • Não é necessário informar “Meio de Pagamento (aba Cobrança)” nas notas fiscais complementares

 

Ainda está com dúvidas sobre a Nota Fiscal Complementar? Entre em contato com nosso canal de Whatsapp

Print Friendly, PDF & Email

i12 Sistemas

Tel.: (16) 3851-3621

View All Posts by Author

Código CEST